Fale conosco

pedale.piaui@yahoo.com.br

Teresina terá mais 100 km de ciclovias

Hoje um dos grandes problemas do trânsito teresinense são as ciclovias, ou a falta delas como diz o diretor de trânsito da Superintendência de Transportes e Trânsitos de Teresina, Ricardo Freitas. “Hoje o trânsito em Teresina é muito intenso e os ciclistas acabam competindo com os carros e motos porque não têm espaço próprio para trafegar. Muitos acabam invadindo até os espaços de pedestres como praças e passeios”, afirmou.

Segundo ele o grande problema além de existir uma carência de espaços para ciclistas, grande parte das ciclovias já existentes estão desativadas. “Além de muitas ciclovias estarem destruídas, e atualmente sem uso, existe uma falta de sinalização destes espaços. Mas já detectamos estes problemas e a recuperação destes espaços será iniciada em breve através do Plano Diretor de de Transportes Urbanos”, disse Ricardo Freitas.

Segundo o sub-secretário municipal de planejamento, Augusto Basílio, Teresina hoje tem cerca de 50 km de ciclovia construídos. “A Prefeitura já notou o crescente aumento de bicicletas em Teresina, e já foi incluído no Plano Diretor de Transportes Urbanos a construção de mais 100 km, que totalizarão 150 km espalhadas por toda a cidade. Estaremos também realizando a revitalização das áreas já existentes, com reformas e sinalização adequada, além de identificar os pontos mais críticos de acidentes, para tentar reduzir os números de acidente com ciclistas”, falou.

Também está incluído no Plano Diretor uma reforma na Praça Rio Branco, que incluirá a construção de um bicicletário. “Esse projeto já está em sendo elaborado e em breve os ciclistas não só terão novos espaços para circular como para deixar suas bicicletas quando vierem ao centro de Teresina para trabalhar, fazer compras ou executar qualquer atividade”, explicou Basílio.

Fonte: Jornal Meio Norte, 21/08/2008, 07:07

Um comentário:

Adriana disse...

Ulrich,

Suas Postagens são de grande interesse para nós que moramosno Piauí!
PEDALE PIAUÌ!
Vamos abraçar este projeto!